Navigation Menu+

|Reforma? O que fazer antes de começar|

Posted in PRINCIPAL

Quer reformar ou decorar e não sabe por onde começar? O que vou precisar? Será que cabe? Por onde começo? Essas (e muitas outras) são as dúvidas de muitas pessoas que decidem fazer uma reforma ou simplesmente redecorar o apartamento ou até mesmo em um único ambiente. Segue abaixo algumas dicas muito importantes sobre esse assunto em uma entrevista que fiz para a ArkDek

Veja aqui algumas dicas antes de começar a reforma da sua casa!

  1. Quais são os primeiros passos?

Assim que você decidir reformar sua casa a primeira coisa é ter claro o motivo da reforma. Se vai ampliar dos ambientes, mudar a estética da casa ou fazer reparos de infraestrutura, como instalação elétrica e hidráulica. Consulte sempre um profissional com antecedência para saber se tudo que quer fazer é viável estruturalmente e financeiramente. O planejamento e o projeto exigem um tempo de desenvolvimento.

  1. Como se planejar para começar a reforma?

Faça uma lista do que deseja na sua casa. Pense em como os espaços serão usados e a necessidade de todos que irão morar na casa. A partir dessa lista analise o orçamento disponível para a reforma. Preveja uma folga de aproximadamente 15% para imprevistos na obra. Importante: Se a reforma for muito grande, considere alugar um apartamento provisório e local para deixar os móveis existentes. Nesse início o ideal é contar com o apoio de um profissional, ele irá te ajudar a colocar tudo no papel.

  1. Precisarei da ajuda de um profissional?

Sim, contratar um profissional para fazer um projeto irá ajudar na obra e no orçamento. Ele irá evitar gastos desnecessários e irá ajudar nas escolhas e quantidade dos materiais, como revestimentos, luminárias, louças, metais, etc.

  1. O que não posso deixar de fazer?

Com o projeto em mãos analise todas as plantas, principalmente de elétrica. Verifique se há tomadas para todos os eletrodomésticos e eletrônicos, se imagine no ambiente e veja se há tomada para carregar celular ou ligar um abajur, por exemplo. Com as plantas verificadas é hora de pesquisar os preços dos materiais e os prazos de entrega, faça isso antes de começar a obra. Além desses detalhes, é necessário ver as regras do condomínio, como horário de trabalho, local de carga e descarga, uso e limpeza de elevadores.

  1. O que evitar?

Sempre evite o famoso “já que”. “Já que vou trocar uma torneira, porque não trocar da casa toda?”, “Já que vou trocar o piso, porque não trocar o revestimento de parede?”. Fuja do “faça você mesmo”, muitas vezes não temos habilidade e nem conhecimento técnico para essas atividades. Esses comportamentos irão alterar o orçamento e o prazo de obra, pois poderão gerar retrabalhos e gastos que não estavam contabilizados. A contratação de um profissional, apesar de ser um custo a mais, evita gastos desnecessários e pode compensar o investimento, uma vez que com um bom projeto em mãos, a obra será feita da melhor forma possível.  Por isso, nunca comece uma reforma sem fazer um planejamento.

  1. Como escolher os materiais e móveis?

Quando for comprar os acabamentos ou móveis é aconselhável visitar as lojas e verificar a cor, a textura e o conforto, pois catálogos online podem ter alterações. Escolha materiais ou móveis de boa qualidade, verifique se o produto é adequado para local a ser instalado ou decorado, se é de fácil limpeza e manutenção e a durabilidade. A escolha dos materiais influencia em todo projeto, portanto nunca pense isoladamente nos itens, como escolher primeiro o piso da cozinha e depois o da sala, pois o resultado final pode não ser o esperado. Os revestimentos, objetos e mobiliários precisam formar uma composição e ser proporcionais ao ambiente, e é exatamente isso que o projeto te proporciona, pois ele é pensado de forma global.